OPINIÃO

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade de Brasília demonstra extrema preocupação em relação aos cortes de verbas do governo federal destinadas à pesquisa e à formação de recursos humanos nos campos científico e tecnológico.

 

Por sua importância social e por seu papel estratégico na recuperação econômica do país, a Educação não pode ser prejudicada. Assim, a UnB manifesta sua insatisfação com as políticas adotadas nos últimos meses, sobretudo pelas principais instituições federais de fomento à pesquisa e à formação de recursos humanos: a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

O recolhimento das bolsas ainda não implementadas e a suspensão das bolsas de doutorado sanduíche, por exemplo, afetam diretamente as universidades, suas pesquisas e a capacitação de alunos e professores. Medidas dessa natureza significam retrocesso, impactando a excelência da produção acadêmica e a dinâmica da pesquisa e da formação de recursos humanos.

0
0
0
s2sdefault